quarta-feira, Abril 24, 2002

CRÔNICA PERFEITA

Os excelentíssimos representantes do nada



Eles estão por toda a parte. Em qualquer tipo de manifestação. Nas TVs, na música, nas rádios e ultimamente estão sendo encontrados em diversos blogs. O que eles têm para dizer? Nada. O que eles sabem da vida? Nada. O que eles representam num cenário cultural? Nada.


Mas fazem sucesso. Os representantes do nada são seguidos e venerados por quem não se interessa por nada, por quem não lê nada, por quem não ouve nada e por quem se recusa a enxergar o que acontece em sua volta. E não são poucos esses seguidores.


Ainda não entendo porque uma pessoa que não tem o que dizer, abre a boca para dizer coisa nenhuma.


Não tem o que mostrar? Veja. Não tem o que falar? Ouça. Não sabe o que escrever? Leia.


E, por favor, não encha o saco.

Descaradamente roubada deste moço


Nota da Editora

O Mundo Perfeito está de mudança. Notícias agora só na casa nova. Entre hoje e amanhã, você será redirecionado para o novo endereço.


terça-feira, Abril 23, 2002

Farc seqüestra o último cidadão colombiano

Bogotá, 23/04/2002 - As ruas de Bogotá estão desertas. As casas abandonadas. Os carros destrancados e deixados no meio das ruas. E a situação não é diferente no resto do País, todas as cidades colombianas estão sem ninguém. A razão desse abandono foi a constante política de seqüestros difundida pelas Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia para conseguirem seus objetivos. Mas parece que agora essa política chegou ao fim. O último cidadão colombiano foi seqüestrado. Não há mais ninguém para ser vítima de qualquer seqüestro e muito menos alguém para pagar o resgate. Como toda a população colombiana - civil e militar, está no cativeiro os líderes da Farc estão sendo obrigados a conviver com os líderes do governo nos mesmos recintos e tomar uma atitude bem diferente das que tomavam antes: buscar saídas pelo diálogo.
Surpreendentemente essa nova atitude está sendo bem mais eficiente do que a costumeira metralhadora na cabeça.

segunda-feira, Abril 22, 2002

Croissant vai para o segundo turno nas eleições francesas

Paris, 22/04/2002 - A extrema direita e o nacionalismo radical parece que conseguiram voltar a dominar o povo francês. Depois de várias mostras de uma política progressista e liberal, como ser o único país europeu que ainda faz teste nucleares e também ser o único país que não abriu mão de suas colônias para que elas se tornassem países livres, a França surpreende mais uma vez, colocando dois elementos de direita no segundo turno das eleições.
O atual presidente e devastador do Tahiti, Jacques Chirac, foi um dos vencedores. Croissant foi a surpresa. O desejo do povo em ver um verdadeiro francês, que não apoiasse imigrantes e que defendesse a língua francesa no poder, levou grande parte da população a dar seu voto ao pão folheado com manteiga, umas das receitas mais tradicionais e apreciadas do país.
Menos mal. Eles poderiam dar seu voto a Jean-Marie Le Pen, um louco veterano da segunda guerra, que se arrepende amargamente de ter lutado contra os nazistas.




sexta-feira, Abril 19, 2002

José Sarney morre depois de mexer numa caixa de marimbondos

Brasília, 19/04/2002 - O ex-presidente, ex-pai de candidata a presidente e atual senador José Sarney faleceu na noite de ontem. Decepcionado com a perda de poder do clã dos Sarney no Maranhão e, principalmente no Brasil, o senador resolveu afogar suas mágoas num bar de uma das esquinas da capital do País. A mistura de whisky com catuaba selvagem acabou alterando drasticamente o comportamento de Sarney pai, que começou subitamente a ter atitudes honestas: segundo testemunhas ele pagou toda a conta e depois ainda ligou para o Presidente da Academia Brasileira de Letras, dizendo que não merecia ser um imortal.
Os garçons do bar, disseram ainda que o senador saiu da esquina disposto a revelar de onde veio o 1,3 milhão de reais encontrados na empresa de sua filha, mas, infelizmente, antes de conseguir por em prática suas intenções, ele acidentalmente colocou a mão numa caixa de marimbondos.
Os insetos o picaram até a morte, numa vingança furiosa. Não se sabe ainda se o motivo da vingança foi a acidental mão na caixa ou a proposital obra literária.


Aviso aos inocentes

O Mundo Perfeito ainda não noticiou nenhuma tragédia com Toby, ex-vocalista do Balão Mágico.





Serviço de Utilidade Pública Mundo Perfeito

Para conhecer o fã-clube do Márcio Garcia, clique aqui.


quinta-feira, Abril 18, 2002

Crianças são proibidas de freqüentar a igreja

Vaticano, 18/04/2002 - Depois de incontáveis casos de pedofilia, o Vaticano finalmente resolveu tomar alguma providência a respeito desse assunto tão polêmico: a partir do próximo domingo menores de 18 anos serão proibidos de entrar em qualquer igreja católica. Batismo, primeira comunhão e crisma também só poderão ser ministrados a pessoas maiores de idade. A figura do coroinha será extinta - o padre é que se vire. Todas as escolas católicas de 1º e 2º grau serão vendidas. Nenhum padre, bispo, frei ou similar poderá fazer visitas a creches.
A medida ganhou alguns opositores pela radicalidade, mas foi justificada pelos cardeais:"Já que a Igreja Católica não é honesta o suficiente para denunciar esse problema e corajosa o bastante para mandar prender os responsáveis, o melhor é afastar o risco de pedofilia de nossas bases". Ou seja: vinde a mim as criancinhas, nunca mais.




quarta-feira, Abril 17, 2002

Collin Powell é enviado para dialogar com terapeuta

Washington, 17/04/2002 - O secretário de Estado norte-americano, General Collin Powell, foi encaminhado para diálogar com um terapeuta. Amigos próximos acreditam que depois de levar um vergonhoso cacete no Vietnã, Powell nunca mais foi o mesmo. Ficou obcecado em participar de uma guerra onde os Estados Unidos fossem capazes de ganhar. Como chefe das Forças Armadas dos EUA durante o governo de Bush pai, insistiu para que os Estados Unidos declarassem guerra contra o Iraque, alegando que vários cidadãos norte-americanos compravam gasolina do Kuwait. Bush pai acreditou. Como secretário de Estado do governo Bush filho (já falecido no mundo perfeito), conseguiu que os Estados Unidos entrassem em guerra com todo um país por causa de um ato terrorista de um grupo.
Antes de ser encaminhado para terapia, o general tentava convencer seu Staff a declarar guerra contra Papua Nova Guiné - alegando que já estava mais do que na hora de algum país se levantar contra a dominação dos crocodilos.


terça-feira, Abril 16, 2002

Atendentes de assistências técnicas serão obrigados a aprender português

Brasília, 16/04/2002 - Ninguém precisa mais tentar descobrir qual a língua que os atendentes de assistências técnicas, também conhecidos por atendentes de "call centers" (para quem tem preguiça de inventar uma tradução), falam. A partir da semana que vem eles serão obrigados a entender o português por imposição do Ministério do Trabalho. Exemplos: se você falar: "Meu DVD está com as imagens em preto e branco e a TV está em sistema NTSC.", ele não irá responder: "Senhora, sua TV precisa estar no sistema NTSC.". Se você pedir para reinstalarem o programa da placa de rede com um CD, porque seu drive de disquete não está funcionando, o técnico não irá aparecer na sua casa com um disquete para reinstalar a placa de rede. Se você falar que sua geladeira não está ligando, ele não irá perguntar o que acontece quando liga.
A nova determinação do Ministério do Trabalho vai causar uma revolução no sistema de atendimento das grandes empresas. Além de entender o mecanismo dos aparelhos, os profissionais serão obrigados a entender o cliente.





segunda-feira, Abril 15, 2002

Segunda-feira vira final de semana

Genebra, 15/04/2002 - A Organização Internacional do Trabalho, coligada à ONU, tomou uma decisão para melhorar a produtividade, o ambiente de trabalho e o humor dos trabalhadores em todo o mundo: segunda-feira não será mais um dia de trabalho. Isso já vale para o próximo mês. O final de semana de todos os países que fazem parte das Nações Unidas compreenderá três dias: sábado, domigo e segunda-feira. A decisão, apesar de polêmica, tem sua justificativa. Juan Somavia, diretor geral da IOT declararou que o conselho acha uma injustiça sem tamanho fazer qualquer ser-humano ter que acordar cedo, pegar trânsito e fingir que está de bom-humor depois de apenas dois dias de descanso do ambiente de trabalho. Outra justificativa dada por Somavia foi: "Se no Brasil, os deputados federais trabalham de terça a quinta, qual o problema do trabalhador comum ter sua jornada reduzida para terça a sexta?".
Nenhum.





sexta-feira, Abril 12, 2002

Gravadoras obrigam artistas a assinarem termo de compromisso para realizar regravações

Rio de Janeiro, 12/04/2002 - Todas as gravadoras brasileiras decidiram em comum acordo realizar um termo de compromisso para que todo músico assine e respeite antes de realizar uma regravação, sob pena de perda de contrato. As principais cláusulas do termo de compromisso são as seguintes:

1. Nenhum artista irá regravar uma música alheia se não tiver algo de absolutamente novo para oferecer a ela - o que não inclui a voz.
2. Músicas do RPM e Tunai não serão aceitas para regravação.
3. Clássicos da MPB devem continuar como clássicos - nem pense em meter o bedelho aí.
4. Traduções de músicas da Celine Dion estão estritamente proibidas, uma versão da canadense já é penitência suficiente.
5. Pelo amor de Deus, deixem o Roberto Carlos rezar sossegado.
6. Mamonas Assassinas nunca fizeram música, faziam piada, portanto deixem também os rapazes em merecido descanso eterno.
7. Qualquer regravação fica vetada à Ivete Sangalo e Daniela Mercury, a menos que elas aprendam que canto não é sinônimo de berro.

Colaboração de pauta do pai do Rafael.


quinta-feira, Abril 11, 2002

Jornais brasileiros aceitam pagar mais do que um salário mínimo para cartunistas

São Paulo 11/04/2002 - A Associação Brasileira de Jornais decidiu que já estava na hora de parar de explorar o trabalho de cartunistas, que, não raras vezes, fazem a parte de articulistas dos próprios jornais. Mesmo porque não se pode denunciar abuso em questões trabalhistas externas se isso acontece dentro da sua própria empresa.
Até hoje um cartunista que mantinha uma tira diária em qualquer jornal do país, ganhava um salário mínimo por esse espaço, menos do que o office-boy da casa. Se conseguisse vender o espaço da tira para outro jornal, ganharia mais outro salário mínimo. Com o detalhe de que para conseguir entrar nos jornais, o profissional precisa da figura de um agente, que leva exatamente metade do que o cartunista consegue. Ou seja, o cartunista (todos no Brasil têm um agente), acabava recebendo meio salário mínimo por mês, por jornal. Laerte e Angeli, por exemplo, nomes com mais peso e fama - que conseguem colaborar com uns 10 jornais, recebiam por esse trabalho diário a enormidade de R$ 900,00/mês.
Com a mudança de postura das grandes publicações e o compromisso da Folha de São Paulo, Estado de São Paulo, O Globo, JB e similares de deixarem de ter uma atitude oportunista e picareta, essa situação parece que vai mudar. Agora só falta eles assumirem também o compromisso de acabarem com os tradicionais atrasos de pagamento a profissionais não registrados em seus quadros.





quarta-feira, Abril 10, 2002

NOTÍCIA EXTRAORDINÁRIA

Nossa correspondente olfativa, Biscoito Doce brinda a edição de hoje com ótimas novas para a manutenção de nossa sanidade, principalmente no ambiente de trabalho. Vamos a notícia:

Lei proíbe venda de perfumes para terceira idade

Brasília, 10/03/2002 - Mais um projeto de lei que defende a saúde pública acaba de ser aprovado pelo senado: a partir do dia 15 de abril de 2002 fica estritamente proibida a venda de perfumes ou quaisquer líquidos com fragância excessiva à pessoas da terceira idade. Segundo o Censo 2002 mais de 70% dessas pessoas, fazem uso dessas substâncias de forma indiscriminada, não respeitando a dosagem correta e o local a ser aplicado. Foi constatado que muitas dessas pessoas se aproveitam desse fato para conseguirem vantagens em filas de marcação de consulta, roletas de ônibus e em elevadores. Entre as fragâncias que oferecem mais perigo ao olfato humano estão o Leite de Rosas, a Alfazema vendida a litro, o perfume Tabu e o Pinho Silvestre.
Dados do DataFolha contam que cerca de 34,7% dos trabalhadores brasileiros são vítimas diárias desses aromas indesejáveis - sendo que até hoje os agentes escapavam impunemente. Dessa porcentagem de vítimas, acredita-se que pelo menos a metade precisa de dispensas semanais devido à coriza e dor de cabeça que se instalam, impossibilitando que elas exerçam qualquer outro tipo de atividade. A partir do dia 15 esse incoveniente terá seu fim. Detectores de cheiro serão intalados na entrada dos ambientes de trabalho e das repartições públicas. Os infratores serão punidos com quatro horas de banho.







terça-feira, Abril 09, 2002

Desenhos animados geram conflito internacional

São Paulo, 08/04/2002 - O polêmico episódio de Bart Simpson sendo atacado por macacos no Rio de Janeiro não passou impune aqui no Brasil. Além do Ministério das Relações Exteriores não ter se conformado com o erro geográfico do animal (Bart só poderia ter sido atacado por mosquitos da dengue ou por pit bulls de lutadores de jiu-jitsu e nos dois casos morreria), Maurício de Souza, o quadrinista mais famoso do Brasil resolveu contra-atacar. Já acabou um episódio onde a Turma da Mônica viaja aos Estados Unidos. Cascão é preso e torturado na imigração americana, quando é confundido com um imigrante árabe - já que no terceiro mundo é tudo a mesma coisa. Magali vai fazer intercâmbio numa escola do interior de Wisconsim e morre depois de que um colega esquizofrênico rouba os dois fuzis do pai e atira em toda a classe. Cebolinha é preso por assédio ao tentar falar que vê ferrugem na bicicleta da amiguinha americana "I see lust". Mônica, sozinha e abandonada pelos amigos, começa a perseguir descontrolada todo e qualquer cidadão americano com seu coelho, o Sansão. Depois de assassinar 12, Mônica é condenada pela justiça à injeção letal.
Maurício de Souza ainda não sabe se exibirá esse episódio no Programa da Angélica.

Colaboração de pauta: Hugo Torres




segunda-feira, Abril 08, 2002

Marlene Matos é processada pela APAE

Rio de Janeiro, 08/04/2002 - A empresária Marlene Matos está sofrendo graves problemas com a justiça. A APAE (Associação dos Pais e Amigos dos Excepcionais) abriu um processo contra Matos, acusando-a de explorar o trabalho e e expor ao ridículo pessoas com uma clara limitrofia. Depois de anos se dedicando à carreira de Xuxa Meneguel, a empresária mostrou interesse em agenciar e empregar o novo límitrofe da parada, Kleber sem sobrenome. Marlene Matos se defende, dizendo que está dando oportunidades a seres-humanos que normalmente seriam excluídos da sociedade. Os advogados atacam dizendo que adestrar macaco para circo não é oportunidade. É crime. Enquanto a justiça não decidir o caso, Marlene Matos será proibida de mostrar em qualquer programa o tal do moço sem sobrenome. E também já se prepara para um novo processo. A Sociedade Protetora dos Animais também já declarou que vai entrar na justiça contra a empresária pelos mesmos motivos da APAE.


sexta-feira, Abril 05, 2002

Jornalismo acaba com o achismo

São Paulo, 05/04/2002 - O achismo, a ciência mais divulgada pela imprensa brasileira vai chegar ao fim. Os diretores das maiores publicações do Brasil, incluindo as Organizações Mundo Perfeito, decidiram ontem em reunião fechada que não vão mais buscar opiniões de gente não qualificada para dar a tal opinião. Um exemplo: músico bahiano só responde pergunta sobre música e, se possível bahiana. Nada de ficar perguntando o que ele acha da situação do povo da cidade de Lusaka ou da evolução da física quântica. Aliás, nenhuma publicação poderá mais começar uma pergunta com frase "O que você acha...". O entrevistado pode ser convidado a dar sua opinião, não sua suposição. Sem certeza ou responsabilidade não se faz mais jornalismo.


Colaboração de pauta do Descrente





quinta-feira, Abril 04, 2002

Crônica Perfeita

EGE (Esquadrão Geriátrico de Extermínio)

O poeta pode ser violento. A maior parte das vezes contra si mesmo. Um tiro no peito, gás, veneno, um tiro na boca como fez Hemingway, que também foi poeta em O Velho e o Mar; Maiakóviski, um tiro no peito, Sílvia Plath, gás de cozinha; Ana Cristina César, um salto pelos ares, etc, etc, etc. "Os delicados preferem morrer", dizia Drummond. Mas esta modesta articulista, sobretudo poeta, diante das denúncias feitas pela revista Veja, todos aqueles poços perfurados em prol de uma única pessoa, ou em prol de amiguelhos de sua excelência, presidente da Câmara Senhor Inocêncio (a indústria da seca), e o outro com seu lindo carro às custas de gaze e esparadrapo... Credo, gente, quando você vê na televisão ou in loco o povão famélico, desdentado, mirrado... Um amigo meu foi para o Ceará e passou os dias chorando! As crianças todas tortas, todas pedindo comida sem parar e 500 toneladas de farinha apodrecendo... e montes de feijão desviados para uma só pessoa... (um parênteses, porque meu coração de poeta pede a forca, cadeia, cadeia para aqueles que se locupletam à custa da miséria absoluta, da dor, da doença). Gente, eu já estou uma fúria e para ficar mais calma proponho algumas coisas mais sutis, por exemplo: o Esquadrão Geriátrico de Extermínio, a sigla óbvia seria EGE. Arregimentaríamos várias senhoras da terceira idade, eu inclusive, lógico, e com nossas bengalinhas em ponta, uma ponta de estilete, besuntada de curare (alguns amigos viajariam até os Txucarramãe ou os Kranhacarore para consegui-lo) nos comícios, nos palanques, na Câmara, no Senado, espetaríamos as perniciosas nádegas ou o distinto buraco malcheiroso desses vilões, nós velhinhas, misturadas às massas, e assim ninguém nos notaria, como ninguém nota a velhice. Nossas vidas ficariam dilatadas de significados, ó que beleza espetar bundões assassinos, nós faceiras matadoras de monstros!
O curare é altamente eficiente, provoca rapidinho a paralisia completa de todos os músculos transversais (bunda é transversal?) e em seguidinha sobrevém a morte por parada respiratória. Ficaríamos todas ao redor do coitadinho, abanando:óóóó, morreu é? Um pedido ao presidente Itamar: severidade, excelência é ignominioso, indigno, insultante para todos nós, deste pobre Brasil tão saqueado, que essas denúncias terminem no vazio, no nada, na impunidade.

HILDA HILST
Crônica publicada em 1993 no Diário de Campinas. Parte do atual livro Cascos & Carícias. Em tempo: as denúncias terminaram no vazio, no nada, na impunidade.


NOTÍCIA EXTRAORDINÁRIA

Inocêncio Oliveira morre em asilo


Recife, 04/04/2002 - O deputado federal Inocêncio Oliveira, líder da bancada do PFL na Câmara, morreu ontem ao visitar um asilo na periferia do Recife. Oliveira estava em plena divulgação de sua candidatura para o senado, quando foi visitar os velhinhos. Logo depois de cumprimentar um grupo de simpáticas senhoras, estranhamente o deputado caiu paralisado. Em poucos minutos ele se encontrava morto, por uma parada respiratória fulminante. Como o único posto de saúde que havia por perto não estava funcionando, não houve tempo hábil para salvar a vida de tão eminente político. As velhinhas do asilo, quando tiveram notícia da morte do deputado, se mostraram inconsoláveis: "Óóóóó! Morreu, é?"